Balolas Carvalho

Croácia


Olá Balolas!


Estás atualmente a viver em Portugal?

Sim, moro em Lisboa. Como nortenha foi uma mudança difícil, mas agora está a ser incrível!


Portugal



E para além de explorar o mundo com as tuas viagens fantásticas, o que fazes da vida?

Eu sou jornalista, trabalhei até novembro no Jornal i, do qual me despedi. Quero acabar o meu mestrado em Relações Internacionais e dedicar-me a alguns projetos meus, que uma vida de redação tornava completamente impossível conciliar. 

Além de continuar o meu trabalho na startup em Los Angeles, a umazed.com, sou também editora na revista online www.Sonder-Minds.com, dedicada a storytellers de todo mundo



Afife


Também tens um blog não é? 
Fala-nos um bocadinho sobre ele.

Sim, o Expedição B surgiu em 2015 quando eu estava a viver na Boavista, em Cabo Verde. 
Encontrei trabalho lá a dirigir uma rádio comunitária e todas as pessoas tinham histórias e ensinamentos que me deixavam parva

Rádio voz di Bubista


Vivi lá sete meses mas o tempo lá passava muito devagar, na minha cabeça estive lá anos. Aquela calma, o mar e as músicas cabo-verdianas deram-me imensa inspiração, tinha de ser lá o início disto tudo. 



Boavista, Cabo Verde


Temos de te perguntar isto: Porquê "tropeções de um joelho esfolado?"

Ahahah! É inacreditável sabes? 
Eu desde criança que me espeto em todo lado, sou muito distraída, muito cabeça no ar e estou sempre aos tombos. Sempre tive a mania de querer subir árvores e afins e de tantos tombos que dei eu juro que não entendo como é que as únicas mazelas me ficaram sempre nos joelhos. Nunca parti um dente, um braço, mas os joelhos estão cheios de marcas, cicatrizes. 

Como sou muito de me atirar às coisas, com uma mania imensa de viver tudo muito intensamente também levo muitas “esfoladelas” da vida e claro, ficam as cicatrizes, que apesar de serem tantas, parece que continuo a não aprender ahahah.


Islândia


Desde pequena que és apaixonada pela vida! Se te descrevessem numa só palavra qual achas que seria?

Ai não faço ideia… Gostava que fosse uma palavra cheia de amor. Mas a minha mãe quando não sabe como me descrever numa conversa com alguém acaba sempre por dizer “olha…é a minha andorinha”, o que me soa super ternurento.


Lagoa dos Glaciares


Qual é o teu lema de vida?

São um conjunto deles mas os meus maiores momentos de felicidade vêm do facto de eu viver tudo com os olhos de uma criança, em que tudo me dá oportunidade de aprender algo. 
O meu melhor amigo uma vez disse-me “Oh Balolas mas tu vês romantismo até numa lata de sardinhas” ahahah.


E é verdade, às tantas é esse o meu lema. Sei que tento mesmo viver sem expectativas, a aceitar o que vem com gratidão. E sempre, sempre sem perder oportunidades. 
Não quero nunca chegar ao fim da vida e pensar “ei podia ter tentado isto”. Como vejo o “não” e a rejeição como certos, tento. Não tenho nada a perder e daí que luto mesmo por tudo o que quero. Até agora, mais esfoladela, menos esfoladela de joelho, a verdade é que tem corrido muito bem. 


Eslovénia



Adoras viajar e desfrutar da vida com corpo e alma. Conta-nos, qual é a tua viagem de sonho?


Tenho muitas! Mas as ilhas Galápagos e ali a área toda da Patagónia são destinos de sonho mesmo.


Islândia


Se tivesses que dar um conselho aos viajantes qual seria?

Experimentem viajar sozinhos. Para alguns pode parecer uma ideia um bocado assustadora à primeira mas, para mim, é a verdadeira experiência de viagem. Quando estamos sozinhos não dependemos de horários de ninguém, podemos seguir mais facilmente a nossa intuição e os nossos instintos e acabamos por estar muito mais receptivos a conhecer outras pessoas. Para não falar do nível de auto-conhecimento que cresce exponencialmente


Islândia


Uma vez que tu também Nunca Paras Quieta conta-nos: Qual vai ser a tua próxima viagem? :D

A próxima viagem vai ser ao Peru. Além de sentir um chamamento enorme para aquele país é o meu objeto de estudo da minha tese de mestrado. 


Islândia


Nós adoramos o teu artigo "Sarajevo. A toca do urso afinal era uma fábrica de cerveja"! 
Quando te convidámos para ser a primeira a estrear este projeto em que as pessoas podem escrever sobre as suas viagens o que achaste?

Não só senti uma enorme gratidão por me terem lido e terem gostado, como ainda me senti estupidamente lisonjeada por ser a vossa estreia. Muito obrigada, mesmo.


Berlim


E o que achas do nosso blog?

Adoro as cores e pelo que percebi estão cheias de power. É incrível passarem a palavra do pessoal inquieto e inspirarem pessoas a conhecerem novos mundos. É a melhor forma de crescermos como seres humanos.


Toca do Urso, Sarajevo

Queres ler o post "Sarajevo. A toca do urso afinal era uma fábrica de cerveja"

Clica aqui.


Obrigada!

Desejamos-te muitas viagens e sempre com essa alma aventureira que te caracteriza!


Nós vamos acompanhá-las, e os nossos inquietos e inquietas também as podem acompanhar aqui:


Instagram: @balolas_c





Mensagens populares deste blogue

Olá Noruega!

A tua Viagem merece um Post